Romagem de Agravados, de Gil Vicente (LEITURA PARA O VESTIBULAR)

Romagem de Agravados, de Gil Vicente (LEITURA PARA  O VESTIBULAR)
  • ISBN: 978-85-7803-185-5
  • Disponibilidade: Em estoque
  • Valor R$ 25,00
  • Sem impostos: R$ 25,00
+
-


A farsa é um gênero literário oriundo do teatro e que possui um tom cômico, no qual as relações humanas são retratadas de forma burlesca, ordinariamente. De formato simples, concentrada apenas em um ato, seus personagens, também pessoas simples, orbitam em torno de situações corriqueiras, triviais, em que o autor destaca o caráter extravagante e ridículo de seus atos, bem como de seus maus costumes. As atitudes indecorosas, o comportamento ultrajante, os vícios e a depravação, tanto quanto a ausência de moral, são na farsa alinhavados ao tecido dos grupos sociais, como a família, o clero, os juristas, a plebe, os comerciantes, por exemplo; ou a figuras caras à massa, ou à nobreza. Em língua portuguesa, é na ilustre figura do dramaturgo lusitano Gil Vicente... que a farsa, como o auto (outro gênero teatral muito bem trabalhado por este autor português) ganha destaque na cultura universal... Formalmente estruturada em estrofes de versos de sete sílabas poéticas, conhecidos como heptassílabos ou também “redondilha maior” – versejada em gêneros artísticos mais populares, como a canção de roda –, a Romagem dos Agravados possui a união de linguagem culta e eclesiástica (no diálogo de figuras religiosas), linguagem popular (de personalidades de condições econômicas das classes mais baixas), e ainda linguagem chula e imoral (com personagens de índole vulgar)...

Escreva um comentário

Nota: O HTML não é traduzido!
    Ruim           Bom