Parteiras, buchudas e aperreios - uma etnografia do atendimento obstétrico não oficial em Melgaço, Pará - Soraya Fleischer

Parteiras, buchudas e aperreios - uma etnografia do atendimento obstétrico não oficial em Melgaço, Pará - Soraya Fleischer
  • Valor R$ 54,00
  • Sem impostos: R$ 54,00
+
-


Parteiras, buchudas e aperreios - uma etnografia do atendimento obstétrico não oficial em Melgaço, Pará´, de Soraya Fleischer, professora do Departamento de Antropologia da Universidade de Brasília, é uma obra, nas palavras de Carmem Susana Tornquist (Universidade de Santa Catarina), "de uma beleza literária fascinante, que leva qualquer um a adentrar pelos rios, florestas e alteridade da Amazônia, conhecendo, de muito perto, os saberes, os desafios, as desigualdades, os conflitos e as redes de reciprocidade das quais fazem parte as parteiras da Ilha do Marajó, no Pará. Soraya, uma Isabel Allende da antropologia, faz uma descrição detalhada, seguindo a tradição antropológica, reveladora da densidade e complexidade de mulheres de carne e osso que fazem parte de sua pesquisa, mas não sem acentuar o quanto estas são alvo de preconceito e desconsideração, seja sob o pesado estigma de "ignorantes" e "sujas", seja sob formas mais refinadas e sutis de desconsideração a suas técnicas obstétricas". Obra publicada pela Editora Paka-Tatu em parceria com a Edunisc, 351 páginas.

Escreva um comentário

Nota: O HTML não é traduzido!
    Ruim           Bom